Sofás e tapetes são exemplos de móveis estofados muito comuns em uma casa. O tecido de qualquer estofado acumula muita sujeira, que prejudica a sua saúde e a da sua família. Daí a importância de mantê-los limpos, neste artigo vamos listar para você 05 curiosidades sobre estofados e como cuidar da sua limpeza.

1 – Estofados novos precisam de limpeza

Aposto que você nunca parou para pensar nisso, afinal quando você compra um móvel, aparentemente ele está limpo e o tecido é novo. Mas o problema é o seguinte: quando o estofamento é fabricado, eles usam produtos químicos no estofamento por meio de um processo chamado de desgaseificação. E por muitas vezes, ficam vestígios desses produtos no estofado. Como resultado, podem ocorrer muitas alergias, u cheiro químico desagradável e até causar fortes dores de cabeça.

Para se livrar desses produtos químicos, deve ser feita uma limpeza completa do estofado. Se você conhece um procedimento de limpeza adequado, pode fazer o mesmo – ou melhor, contrate uma lavagem a seco.

2 – Líquidos derramados precisam de limpeza profunda

Acidentes com líquidos são muito comuns, quem nunca derramou água, suco ou refrigerante no sofá? Também acontece de crianças ou animais de estimação fazerem xixi em estofados.

Quando coisas assim acontecem, o recomendado é evitar que o líquido penetre no estofado. Atenção: a última coisa que você deve fazer é usar água. Pois a água faz a sujeira ser absorvida, e ficará quase impossível removê-la.

Então como fazer? Utilize um pano branco (limpo e seco) e coloque sobre a mancha. Para que ele absorva ao máximo toda a sujeira. Você também pode usar papel toalha, até remover todo o excesso.

3 – Tecidos diferentes precisam de cuidados diferentes

Se você acha que todos os estofados podem ser tratados da mesma maneira, está muito enganado. Na verdade, cada tecido tem cuidados, produtos

e técnicas de limpeza específicas. Por isso, quando o assunto é limpeza de estofados, é importante contratar uma empresa especializada em lavagem de estofados.

Por exemplo, um sofá de couro precisa ser hidratado para não ressecar e ficar com aquele efeito “rachado”, como mostra a imagem abaixo.

4 – A limpeza não se limita apenas a manchas e sólidos

A maioria das pessoas nem pensa em limpar um móvel estofado, a menos que apareçam manchas no tecido ou esteja com muito aspecto de sujo. Porém, fios de cabelo, pêlos de animais, restos de comida, poeira e microrganismos não são fáceis de perceber a olho nu. E muitos não sabem que os ácaros, fungos e bactérias podem causar alergias e doenças respiratórias.

Assim sendo, ao não realizar a limpeza, além do estofado ameaçar a saúde, a sujeira acumulada vai desgastá-lo rapidamente. Então cuide do seu móvel fazendo limpeza frequente. Você mesmo pode remover a sujeira superficial com um aspirador de pó. Para saber mais sobre o assunto, veja o artigo Como Limpar Estofados.

5 – Os Tapetes surgiram 5.000 anos antes de Cristo 

Isso mesmo, a tapeçaria começou por volta do ano 5.000 AC com os egípcios. Através de estudos que foram realizados, diz-se que no Egito, quando um faraó ou líder morria, era enterrado com pertences de grande valor. E em seus túmulos foram encontradas as primeiras cadeiras estofadas.

Conclusão

Agora que você já sabe dessas 5 curiosidades sobre estofados, esperamos que isso te ajude a cuidar melhor dos seus móveis estofados. Ou ainda te ajude a comprar seu estofado novo.

Se acaso você está procurando uma empresa especializada em limpeza de estofados no Rio de Janeiro, nós da Brasilimpe podemos te ajudar.

 

Confira onde atendemos no Rio de Janeiro:

CENTRO: todos os bairros do Centro.

ZONA SUL: São Conrado, Gávea, Leblon, Lagoa, Ipanema, Copacabana, Humaitá, Laranjeiras, Botafogo, Flamengo, etc.

ZONA NORTE:  Rio Comprido, Estácio, Tijuca, Grajaú, Méier, Penha, Pavuna, Engenho de Dentro, Cachambi, Del Castilho, Ilha do Governador, Campo Grande, etc.

ZONA OESTE: Barra da Tijuca, Recreio, Vargem Grande, Jacarepaguá, (Taquara, Freguesia, Anil, Pechincha, Tanque), Vila Valqueire, etc.

BAIXADA FLUMINENSE: Duque de Caxias, Nova Iguaçu, Volta Redonda, São João de Meriti, Belford Roxo, Nilópolis, Itaguaí.

NITERÓI: São Gonçalo, Alcântara, Icaraí, Barreto, São Francisco e Pendotiba.